Por debaixo dos panos

Seu Tuta quando leu, que o chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência recebia dinheiro de emissoras TV e de agências de publicidade contratadas pela própria secretaria, ministérios e estatais do governo: ele logo comentou: “A teta não Secom!”