Governador pede bom senso aos representantes das polícias e diz que não pode vender ilusão

O governador João Azevêdo (Cidadania) pediu cautela e responsabilidade, nesta sexta-feira (6), às entidades que representam as policiais após mais uma reunião sem acordo. João afirmou, durante entrevista ao Correio Debate, da 98 FM,  que o governo já apresentou quatro propostas à categoria, mas não pode ser irresponsável e vender ilusão.

“Nós temos que ter muita responsabilidade nesse momento. Não podemos vender para a categoria uma coisa que não seja possível de implementar. Vender ilusão não é responsável nesse momento. Temos que vender aquilo que efetivamente é possível implantar”, disse o governador.

Só Polítika

Créditos: Blog do Anderson Soares

Você pode gostar...