A ex-secretária de Administração da Paraíba Livânia Farias delatou que o então governador Ricardo Coutinho teria lhe pedido em abril de 2018, para da ‘mesada’ de R$ 120 mil ao governador João Azevedo (sem partido) para bancar gastos pessoais e de sua campanha, em 2018. Segundo ela, essa suposta mesada foi repassada durante três meses seguindo o que foi previamente acertado por Ricardo Coutinho.

João Azevedo teria delegado a Deusdete Queiroga para atuar como seu interlocutor —  Deusdete viera a ser a pessoa responsável para receber o dinheiro da suposta mesada.

As tratativas da organização criminosa ocorriam no “Canal 40”, espécie de quartel general do PSB, localizado no bairro do Altiplano, em João Pessoa.

 VEJA O VÍDEO :

Só Polítika